Início > Noticias > SEGOV divulga resultado do processo de seleção dos representantes da Comissão Nacional de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

SEGOV divulga resultado do processo de seleção dos representantes da Comissão Nacional de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

Foram selecionados nesta quarta-feira (05/04) os representantes dos governos estaduais, municipais e sociedade civil que irão compor a Comissão Nacional de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O processo de seleção ocorreu ao longo de todo o dia, em reunião no Palácio do Planalto. 

A escolha das entidades possibilitará o Governo Federal constituir a Comissão, que quando instalada no próximo mês de maio, representará um importante passo para articulação, mobilização e diálogo entre entes federativos e a sociedade civil visando a implantação da Agenda 2030.

O comitê de seleção, órgão colegiado instituído pela Portaria nº 24 de 04/04, composto por representantes da sociedade brasileira - especialistas em dimensões do desenvolvimento sustentável e com reconhecida contribuição à causa – foi o responsável pela escolha das candidaturas dos representantes da sociedade civil, estados e municípios.

Os trabalhos foram conduzidos pelo Secretário Nacional de Articulação Social da SEGOV, Henrique Villa. Segundo ele, a partir de agora, a Comissão Nacional dos ODS está qualificada para estabelecer seus próximos passos. “Com a representação completa, a Comissão e seus membros tem uma longa e desafiante jornada pela frente, de governança da Agenda 2030 Brasil”, afirmou.

Confira o resultado preliminar das candidaturas selecionadas:

EDITAL Nº 01/2017- NÍVEL DE GOVERNO MUNICIPAL 

Confederação Nacional de Municípios - CNM

 

EDITAL Nº 02/2017- REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL

Organizações da sociedade civil que representem ou tenham como associadas ou filiadas entidades que desenvolvam atividades nos campos do ensino, pesquisa e extensão.

Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais do Ensino Superior - ANDIFES

* Conforme item 5.2 do Edital 02/2017, caso não houvesse candidatura homologada em algum dos segmentos referidos no Quadro 1 do item 2.1 do Edital , a respectiva vaga na Comissão Nacional ODS seria preenchida pelo segmento que tivesse o maior número de candidaturas aceitas. Somente uma candidatura foi homologada no segmento "organizações da sociedade civil que representem ou tenham como associadas ou filiadas entidades que desenvolvam atividades nos campos do ensino, pesquisa e extensão", portanto, a respectiva vaga da Comissão Nacional ODS foi remanejada para o segmento que teve o maior número de candidaturas aceitas: "organizações da sociedade civil que representem ou tenham como associadas ou filiadas entidades que desenvolvam ações e projetos sem fins lucrativos".

Organizações da sociedade civil que representem ou tenham como associadas ou filiadas empresas e institutos e fundações empresariais.

Confederação Nacional da Indústria - CNI

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social - ETHOS

Organizações da sociedade civil que representem ou tenham como associadas ou filiadas entidades que desenvolvam ações e projetos sem fins lucrativos.

Conselho Nacional das Populações Extrativistas

Fundação Abrinq pelos Direitos das Crianças e dos Adolescentes

Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)

União Geral dos Trabalhadores - UGT

Visão Mundial

 

EDITAL Nº 03/2017- NÍVEL DE GOVERNO ESTADUAL E DISTRITAL

Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente - ABEMA

 

 Sobre a Comissão Nacional dos ODS e a Agenda 2030

 A Comissão é instância colegiada paritária, de natureza consultiva e tem como finalidade acompanhar, internalizar, interiorizar e difundir o processo de execução da Agenda 2030. A referida Agenda visa o alcance do equilíbrio entre a prosperidade humana com a proteção do planeta, e faz parte de um Protocolo Internacional da Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas (ONU) que define a estratégia mundial de desenvolvimento. Até 2030 o Brasil se comprometeu a alcançar os 17 objetivos e suas 169 metas que buscam, dentre outros: erradicar a pobreza e a fome; reduzir as desigualdades; combater mudanças climáticas; promover o crescimento econômico includente.

Matéria originalmente publicada no portal da Secretaria de Governo, da Presidência da República