Início > Noticias > Requalificação das estações fantasmas do metrô de Paris

Requalificação das estações fantasmas do metrô de Paris

A candidata às eleições deste ano para a Prefeitura de Paris, Nathalie Kosciusko-Morizet, pretende permitir que os parisienses se reapropriem dos espaços abandonados da capital francesa. Após a apresentação, há alguns meses, do projeto de requalificação da Petite Ceinture – um caminho ferroviário que corta o 9 arrondissements de Paris,  a candidata apresentou recentemente os primeiros esboços de possíveis usos para as estações de metrô fantasmas.

Manal Rachdi, jovem arquiteto parisiense, foi conquistado por este projeto inovador. Juntamente com Nicolas Laisné, arquiteto e urbanista, imaginaram diversos projetos e propostas de ocupação para despertas estas estações ocultas.

Os motivos de estas estações estarem desativadas são diversos. Algumas foram fechadas durante a ocupação nazista na Segunda Guerra e nunca mais foram reabertas, outras foram fechadas por não apresentar um fluxo considerável de usuários, outras simplesmente foram construídas e jamais abertas ao público.

Piscinas, restaurantes, salas de espetáculo, estas são algumas das primeiras ideias para estes espaços subterrâneos. Não passam de exemplos da infinidade de possibilidades para requalificar estes locais. Uma vez eleita, Nathalie Kosciusko-Morizet lançará uma plataforma de co-criação para reunir propostas dos habitantes da capital francesa.

Matéria originalmente publicada no portal ArchDaily.