Início > Noticias > Programa Cidades Sustentáveis realizou I Encontro com signatários (gestão 2017-2020)

Programa Cidades Sustentáveis realizou I Encontro com signatários (gestão 2017-2020)

Prefeitos (as), gestores públicos e organizações da sociedade civil se encontraram para discutir desenvolvimento sustentável, desigualdade e transparência.

Por Luana Copini, da Rede Nossa São Paulo

Desenvolvimento sustentável é tarefa de todos, inclusive, e principalmente, dos municípios brasileiros. Prefeitos (as), gestores públicos e organizações da sociedade civil se encontraram no I Encontro do Programa Cidades Sustentáveis com as prefeituras signatárias (gestão 2017/2020) para discutir desenvolvimento sustentável, desigualdade, transparência e outros assuntos relacionados à qualidade de vida e ao futuro da humanidade. O evento aconteceu nesta quarta-feira (15/02), no SESC Consolação, em São Paulo.

O encontro começou com as boas vindas de Denise Baena, do SESC Consolação, e seguiu com Paulo Uebel, secretário de gestão da Prefeitura Municipal de São Paulo. "Ficamos felizes pelo encontro ser realizado aqui em São Paulo. Estamos [a cidade de São Paulo] comprometidos com os objetivos aqui debatidos. O poder público cada vez mais precisa estar comprometido com estes valores", diz Uebel reforçando o compromisso da cidade com o Programa Cidades Sustentáveis e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Durante o evento foram lançadas algumas publicações e expostos relatórios e estudos sob diferentes óticas de desenvolvimento dentro dos municípios, desde a desigualdade, o clima, até a Justiça e a transparência. Para Oded Grajew, coordenador geral da Rede Nossa São Paulo e do Programa Cidades Sustentáveis, estes materiais são ferramentas norteadoras para que efetivamente a agenda pelo desenvolvimento sustentável seja posta em prática. "O desafio que tem sido colocado para nós todos, para o Brasil, é de fazer com que sejamos exemplo na aplicação dos ODS, uma referência positiva para a humanidade", afirma Oded, reforçando que para isso os municípios tem papel fundamental na prática sustentável.

Para Jorge Abrahão, presidente do Conselho do Instituto São Paulo Sustentável e ex-presidente do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, o Programa surgiu como uma iniciativa que provoca as cidades a fazer mais. "Ele [o PCS] nos diz: nós podemos ir além, dá pra ter uma ambição maior neste processo e assim, criar cidades mais justas, democráticas e sustentáveis".

Rodrigo Perpétuo, secretário executivo do ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade - Secretariado para América do Sul, destaca que tanto os municípios quanto as organizações da sociedade civil tem o dever de traduzir à população as ações de impacto, como por exemplo, as políticas públicas pelo Clima.

Para Eduardo Tadeu, presidente da Associação Brasileira de Municípios, as organizações da sociedade civil tem um importante papel na construção de um mundo melhor. Elas podem, e devem, oferecer ferramentas para que os gestores públicos possam atuar de maneira eficaz e transparente.

O presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Márcio Lacerda, também destaca o papel das organizações e dos municípios no desenvolvimento sustentável, afirmando que é apenas de maneira coletiva que poderemos construir um mundo melhor.

Em mensagem gravada, Haroldo Machado, assessor sênior do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD Brasil, explica que a Agenda 2030 e os ODS são planos de ações para as pessoas e para o planeta e que por isso, que deve ser uma discussão territorializada. "Embora seja uma agenda global, é fundamental que seja territorializada nos municípios, porque é ali que se vive e trabalha a maior parte da população". Segundo ele é importante que as pessoas se apropriem desta agenda e façam parte de todo o processo.

Confira como foram as apresentações (em cada uma delas estão disponíveis os estudos e publicações apresentados):

Assista ao evento completo aqui: http://bit.ly/sigspcs

Clique aqui e veja algumas fotos do encontro.

Nas redes sociais (Facebook e Twitter) busque o conteúdo por #SigsPCS

Divulgue! Compartilhe! Todo o conteúdo é público.