Início > Noticias > PNUD inicia projeto de localização dos ODS no Oeste do Paraná

PNUD inicia projeto de localização dos ODS no Oeste do Paraná

A partir deste mês, PNUD e Itaipu Binacional percorrerão a região Oeste do Paraná para municipalizar a Agenda 2030 

Por Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD no Brasil 

Até o dia 9 de agosto, a Itaipu Binacional, a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) realizarão Seminários Microrregionais sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Oeste do Paraná.

Essa ação faz parte de um acordo de cooperação técnica entre PNUD e Itaipu para a localização dos ODS nos 54 municípios do Oeste do Paraná. O acordo, vigente até 2019, pretende atuar em três eixos: Diálogos Municipais, Avaliação e Monitoramento e Formação.

No eixo de Diálogos, a proposta é fomentar a articulação de prefeituras, instituições públicas e privadas, o terceiro setor e a população em geral em núcleos de diálogo municipal sobre os ODS, resultando na elaboração de Agendas de Atuação Conjunta com as prioridades do município para o desenvolvimento sustentável. Junto a isso, o projeto atuará com dados e informação, no eixo de Avaliação e Monitoramento, com a publicação de diagnósticos, estudos e levantamentos com base em indicadores municipais para os 54 municípios do Oeste. Esses estudos deverão servir de subsídio para uma plataforma online, pública e gratuita, de busca de indicadores municipais relacionados aos ODS. A última ação do projeto está relacionada a ciclos de formação para gestores locais em ODS e dados, que deverá ocorrer em 2019.

Com essa abordagem, o que se espera é identificar os principais desafios da região, com base nos ODS e nos indicadores municipais, para conectar cada vez mais o Oeste à agenda global da ONU rumo à 2030. O trabalho está integrado a uma estratégia conjunta dos países para enfrentar, até 2030, os principais problemas que afetam a humanidade, como a mudança global do clima, a contaminação dos ecossistemas, a fome e a miséria, a desigualdade de gênero, a crise econômica, entre outros.

A ação é inovadora no país e no mundo, pois é uma das primeiras iniciativas em localização municipal dos ODS a nível regional e, alinhada ao P de “Parcerias” da Agenda 2030, reúne o conhecimento técnico do PNUD, a relevância e experiência territorial de Itaipu e o destaque em desenvolvimento regional do Oeste do Paraná.

Programação

O primeiro encontro, ocorrido na quarta-feira (2/8), foi na Associação Comercial de Marechal Cândido Rondon. Participaram representantes de Entre Rios do Oeste, Maripá, Mercedes, Nova Santa Rosa, Ouro Verde do Oeste, Pato Bragado, Quatro Pontes, São José das Palmeiras e São Pedro do Iguaçu.

Na quinta (3/8), a conversa aconteceu na Associação Comercial de Assis Chateaubriand, com representantes da cidade e de Anahy, Assis Chateaubriand, Braganey, Brasilândia do Sul, Cafelândia, Corbélia, Formosa do Oeste, Guaíra, Iguatu, Iracema do Oeste, Jesuítas, Nova Aurora, Palotina, Terra Roxa, Tupãssi e Ubiratã.

Nesta sexta-feira (4/8), é a vez de Foz do Iguaçu, na Fundação Cultural, sediar o encontro. No dia 7, Medianeira recebe, na Associação Comercial, representantes de Diamante D'Oeste, Itaipulândia, Matelândia, Medianeira, Missal, Ramilândia, Santa Helena, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu e Vera Cruz do Oeste.

Na terça-feira (8/8), o tema ODS chega a Cascavel para debate na Associação Comercial. Participam representantes de Boa Vista da Aparecida, Campo Bonito, Capitão Leônidas Marques, Cascavel, Catanduvas, Céu Azul, Diamante do Sul, Guaraniaçu, Ibema, Lindoeste, Nova Laranjeiras, Quedas do Iguaçu, Santa Lúcia, Santa Teresa do Oeste e Três Barras do Paraná. A primeira rodada termina no dia 9, na Associação Comercial de Toledo.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail [email protected]

Matéria publicada no portal do PNUD no Brasil.