Início > Noticias > Holanda cria jardim perto de aeroporto que reduz pela metade os barulhos dos aviões

Holanda cria jardim perto de aeroporto que reduz pela metade os barulhos dos aviões

O aeroporto de Schiphol, ao sul de Amsterdã, é um dos principais hubs aéreos para quem viaja para a Europa. Por lá, passam mais de 1.600 voos todos os dias. Graças ao movimento intenso, os moradores da região acabavam sendo afetados pelo barulho emitido pelo aeroporto que, segundo eles, podia ser ouvido a 30 km dali. A solução encontrada para isso foi oferecida pela própria natureza.

Tudo começou quando, em 2008, os administradores do aeroporto realizaram algumas pesquisas sobre como amenizar o problema e descobriram que o barulho diminuía nas épocas em que os agricultores da região aravam os campos, já que os sulcos na terra absorviam o ruído.

Após a descoberta, arquitetos, engenheiros e designers se uniram para criar um jardim gigante, que fosse capaz de reduzir a poluição sonora causada pelo aeroporto. O responsável pelo desenho da estrutura foi o artista holandês Paul de Kort, que se inspirou no estudo conhecido como Figuras Sonoras criado pelo físico e músico alemão Ernst Chladni em 1787. Utilizando as descobertas de Chladni, De Kort se valeu da tecnologia para construir 150 sulcos simétricos na terra, com extremidades de cerca de 1,80 metro de altura entre eles.

Assim nasceu o chamado Buitenschot Land Art Park, concluído em outubro de 2013. Os 810.000 metros de paisagens labirínticas do parque foram responsáveis por diminuir o ruído pela metade, permitindo que ele estivesse abaixo dos níveis recomendados em todos os pontos que foram monitorados.

Matéria originalmente publicada no portal Hypeness