Início > Boas Praticas > Programa de Coleta Seletiva de Santa Helena

Programa de Coleta Seletiva de Santa Helena

Santa Helena

Continente: 
América do Sul
País: 
Brasil
Estado - Província: 
PR
O município de Santa Helena, no Oeste do Paraná, promove o Programa de Coleta Seletiva desde 2004. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a prefeitura e os catadores de materiais recicláveis, que possibilitou a formação de uma cooperativa e a instituição da coleta porta a porta em todas as ruas da cidade.

Descrição:

Desde o ano de 2002, já havia em Santa Helena 12 catadores que faziam o trabalho de catação no aterro sanitário da cidade. Nessa ocasião, esses catadores receberam da administração municipal um barracão com mesas para a separação dos materiais recolhidos.

Em 2004, foi oficializado o Programa de Coleta Seletiva no Município, por meio de um convênio entre os catadores de materiais recicláveis e a Prefeitura de Santa Helena. Pelo acordo, a administração municipal cedeu, em comodato, um barracão de 1.500 m², com esteira e prensa. Também fazem parte do convênio o refeitório, equipamentos de segurança (EPIs), uma refeição diária para cada catador e três caminhões com motorista.

Com esses incentivos e o apoio do município, formou-se uma Cooperativa de Catadores, que realiza coleta porta a porta. No início, a coleta era feira em algumas ruas da cidade, mas, com o passar do tempo, o programa se estendeu para todo o município e, atualmente, conta com aproximadamente 40 catadores.

Em 2010, formou-se a Associação dos Agentes Ambientais de Santa Helena – “Amigos do Meio Ambiente”, com o objetivo de realizar a recepção e triagem dos materiais recicláveis previamente separados.

A sensibilização para que toda sociedade se envolvesse no processo de reciclagem foi ativa e contou com divulgação na mídia local – rádio, carros de som, banners, cartazes e folders –, além de concurso de paródia e teatro.

A prefeitura, juntamente com a Associação dos Agentes Ambientais, distribui sacos plásticos apropriados nas residências, a cada 30 dias, para acondicionamento do material reciclável. Todo o material recolhido é encaminhando à cooperativa para ser beneficiado.

O lucro da comercialização é rateado em partes iguais entre os associados. A melhora da renda dos catadores comprometidos com o programa está diretamente vinculada aos investimentos feitos na sensibilização e conscientização da população.

Para facilitar a recolha e, principalmente, a separação dos materiais, a administração municipal de Santa Helena adquiriu contêineres e os distribuiu nas quadras da cidade e em áreas agrícolas. São dois tipos de contêineres: um para o material reciclável e outro para o lixo orgânico.  

Atualmente existe um cronograma de coleta em todo o município. Cada bairro, região rural e distrito recebe a visita do caminhão de recolha, com o qual os catadores, em horário diurno e de maneira digna, realizam a coleta seletiva.

O programa inclui também ações para erradicação de lixões e recuperação de áreas degradadas. E promove o fortalecimento dos vínculos sociais, com a inclusão e organização dos catadores de materiais recicláveis.

Objetivos:

- Alcançar 100 toneladas de lixo separado por mês e ter 45 famílias trabalhando no programa;

- Preservação ambiental, destinação adequada dos resíduos, reutilização dos materiais e inclusão social;

- Redução do volume de Resíduos Sólidos Urbanos – RSU do município;

- Promover a sensibilização dos moradores para a importância da reciclagem e suas vantagens, que inclui o melhor aproveitamento dos materiais;

- Aumentar a vida útil do aterro sanitário, em virtude da redução do volume de materiais descartados no local;

- Garantir a manutenção adequada da limpeza na cidade, com satisfação socioambiental.

Cronograma e Metodologia:

- 2004: foi oficializado o Programa de Coleta Seletiva no Município, por meio de um convênio entre catadores de materiais recicláveis e a Prefeitura de Santa Helena;

- 2010: formou-se a Associação dos Agentes Ambientais de Santa Helena – “Amigos do Meio Ambiente";

- 2011: ocorreu um incêndio na central de triagem, perdendo-se toda a estrutura do local e deixando cerca de 40 famílias sem renda. Somente 23 famílias puderam permanecer na atividade;

- 2013: reinauguração da central de triagem, que foi reformada pela prefeitura, com todos os equipamentos em funcionamento. O processo contou com a parceria da Itaipu Binacional, que forneceu kits, com uniformes e luvas, além de prensa, empilhadeira e elevador de fardos;

- A reinauguração da central foi marcada por uma série de atividades, incluindo o Fórum Regional Oeste Lixo e Cidadania. O fórum busca promover a participação dos catadores, como parceiros, em programas de coleta seletiva nas cidades, bem como a erradicação dos lixões e a recuperação de áreas degradadas;

- A prefeitura dá suporte na recolha do material – com transporte e operador de caminhão –, além da parte administrativa. E realiza o pagamento pelo serviço de separação, que envolve cerca de 40 famílias de catadores de materiais recicláveis. A iniciativa é inovadora e inédita na região.

Resultados:

- O programa recolhe atualmente cerca de 70 toneladas mensais de materiais recicláveis. A expectativa é aumentar esse volume para 100 toneladas mensais e, com isso, ampliar em 30% a renda de cada família envolvida;

- Integridade do meio ambiente e melhoria na qualidade de vida das famílias de catadores, com renda, dignidade e integração na sociedade;

- Em agosto de 2015, o município de Santa Helena se tornou referência na região da Bacia do Paraná III em coleta seletiva, separação e destinação de material reciclável. A cidade foi a primeira a assinar o contrato de prestação de serviços com os catadores, a partir do Programa de Coleta Solidária da Itaipu Binacional. Desde então, passou-se a pagar pelo serviço de separação dos materiais, que é executado por 40 famílias de catadores.

Instituições Envolvidas:

Agentes Coletores, Cooperativa dos Agentes Ambientais, Itaipu Binacional, Rede Municipal e Estadual de Ensino, membros da sociedade civil e Administração Pública Municipal.
Contatos:

(45) 3268-8242

(45) 3268-2611

(45) 3268-8290

Fontes:

http://indicadores.cidadessustentaveis.org.br/br/PR/santa-helena/boa-pra...

http://indicadores.cidadessustentaveis.org.br/br/PR/santa-helena/boa-pra...

http://www.mncr.org.br/noticias/blog-do-sul/santa-helena-no-parana-contr...

37
última modificação: sex, 01/04/2016 - 18:15