Início > Boas Praticas > Florir Toledo

Florir Toledo

Toledo

Continente: 
América do Sul
País: 
Brasil
Estado - Província: 
PR
População (Ano): 
132.077 hab.
Ano População: 
2015
O Projeto Florir Toledo é um programa de assistência social e de fortalecimento de vínculos comunitário e familiar. Coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, o programa capacita profissionalmente os participantes – adolescentes de 13 a 17 anos, que se encontram em situação de vulnerabilidade social e risco pessoal.

Descrição:

O Projeto Florir Toledo é um programa de fortalecimento comunitário que tem como público-alvo adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

O projeto capacita profissionalmente os jovens, com ações ativas para a proteção do meio ambiente, incentivando o protagonismo juvenil e fomentando o desenvolvimento social e econômico dos participantes.

Entre as atividades relacionadas à especialização ambiental, os alunos aprendem o processo de preparação da terra, germinação, transplante de mudas e ajardinamento. Realizam plantio de mudas, participam de atividades de sensibilização junto à comunidade e auxiliam na confecção de material de divulgação sobre a preservação ambiental. 

Cursos, eventos, seminários, encontros e reuniões sobre temas relacionados ao meio ambiente e à qualidade de vida também acontecem periodicamente.

Além do foco ambiental, o programa oferece diversas atividades recreativas, culturais, pedagógicas e esportivas, que são fundamentais para o desenvolvimento social dos adolescentes.

As atividades propostas acontecem no contraturno escolar e ampliam a formação dos jovens como lideranças ambientalistas, ao incentivar e aprofundar o debate socioambiental com foco em políticas públicas e de fortalecimento dos espaços de atuação.

As capacitações abordam a geração de renda e proporcionam melhoria no desenvolvimento escolar e no convívio com as diferenças, pois jovens de diversos bairros da cidade participam da iniciativa.

O projeto reúne cerca de 50 jovens ao ano, divididos nos turnos da manhã e da tarde. É prioridade o envolvimento das famílias em todas as atividades. 

As comunidades são mobilizadas por meio de escolas, centros de saúde, associações de bairros e grupos organizados, para que os jovens se tornem centros efetivos de atenção e haja sensibilização em relação aos temas abordados.

Todas as atividades são feitas por meio do estímulo à convivência social e participação cidadã, visando à formação geral do jovem para o mundo do trabalho.

O Programa Florir Toledo diferencia-se de outras iniciativas de educação social e profissional e de outros projetos alternativos, pois afasta-se da formação profissional típica, centrada no treinamento para o exercício de uma ocupação. O projeto amplia os horizontes da capacitação, preparando seus participantes para uma ampla gama de possibilidades e para uma atuação cidadã, com espaço para a ampliação das relações humanas e com o planeta. 

Objetivos:

Ampliar a formação profissional de jovens, que poderão se tornar lideranças ambientalistas;

Incentivar e aprofundar o debate socioambiental, com foco em políticas públicas, deflagrando um processo de formação de jovens e de fortalecimento dos seus espaços de atuação;
  
Identificar diferentes visões sobre o tema “meio ambiente”, estimulando um olhar crítico dos jovens e provocando-os a perceber como o assunto está presente em seu cotidiano;

Fortalecimento da convivência familiar e comunitária.  O retorno dos adolescentes à escola e a sua permanência no sistema de ensino;

Oferecer estruturas de ensino alternativo, assegurando que o aprendizado reflita as necessidades econômicas e sociais dos jovens;

Possibilitar que os jovens se apropriem de informações sobre os programas e serviços públicos nas áreas de cultura, direitos humanos, assistência social, esporte, lazer, saúde, meio ambiente, trabalho e educação que são desenvolvidos nos bairros e nas regiões de moradia. Facilitar o acesso dos jovens a esses serviços.

Cronograma e Metodologia:

- Início em 2006;

- O público- alvo é constituído por adolescentes de 13 a 17 anos, que se encontram em situação de vulnerabilidade social e risco pessoal, com prioridade às famílias com renda do Cadúnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal);

- A formação destes jovens deve levar em conta suas especificidades e prever estratégias que ampliem as oportunidades de trabalho e de renda. Além disso, a formação tem um caráter educacional e visa promover o resgate da cidadania;

- São 50 adolescentes atendidos em dois coletivos de 25 adolescentes cada;

- As atividades são realizadas de segunda a sexta-feira, nos períodos:
Manhã: das 8h00 às 11h15
Tarde: das 13h30 às 16h45h

- Os aprendizados teórico e pratico voltados às questões ambientais são desenvolvidos em espaços públicos, tais como a Sede do Programa Florir Toledo, Horto Florestal, Viveiro Florestal, praças e outros locais de interesse dos jovens participantes do projeto. O projeto visa sempre o embelezamento, a preservação ambiental e a qualificação profissional dos jovens participantes;

- Capacitação dos adolescentes envolvidos no projeto, com ações ativas de proteção do meio ambiente e de fomento do desenvolvimento econômico e social. A capacitação visa também à geração de renda, além de proporcionar melhoria do desenvolvimento escolar e do convívio com as diferenças;

- Os eixos temáticos são ministrados por equipe técnica e abordam questões sociais, educacionais, ambientais, esportivas e culturais. Os conteúdos contemplam ações teóricas e praticas, e são constantemente supervisionados pelos instrutores, que também exercem os papéis de orientadores e educadores no processo de qualificação profissional dos jovens; 

- Atividades individuais e em grupo de esporte, como natação, capoeira, futsal, basquete, vôlei. Também são realizadas atividades coletivas nas áreas de cultura e lazer, como aulas de música, flauta e violão, recreação e lazer.  Os momentos pedagógicos visam proporcionar o desenvolvimento da consciência de preservação e o uso racional dos recursos naturais do meio ambiente;

- As atividades do programa são articuladas com os serviços de assistência social desenvolvidos nos Centros de Referência e Assistência Social - CRAS;

- A coordenação do programa estabelece parcerias e contatos com empresas, órgãos públicos e outras organizações formadoras, que atuam em consonância com os princípios, valores e diretrizes do Programa Florir Toledo e do Estatuto da Criança e do Adolescente. Entre estas parcerias estão os programas de aprendizagem (Menor Aprendiz, Jovem Aprendiz e Estágios);

- Oferece bolsa-auxílio para os alunos, no valor de R$ 120,00 mensais, conforme Lei Municipal nº 9, de 19 de março de 2013.

Resultados:

- O retorno à escola e a permanência nesta;

- O fortalecimento de vínculos familiares e comunitários;

- O despertar do agir consciente e cuidado com o meio ambiente;

- O forte trabalho em rede com escolas municipais e estaduais;

- Interação com a comunidade;

- Fortalecimento da educação ambiental no município de Toledo;

- Recomposição florestal das matas ciliares das bacias dos rios Toledo e São Francisco Verdadeiro;

- Atividade de intercâmbio entre grupos de jovens dos municípios da bacia do Paraná III (BP3), sendo a mais importante a expedição no Rio São Francisco, em 2013, quando o projeto Florir Toledo participou como grupo organizador, juntamente com o Colégio Padre Carmelo, Centro da Juventude e o Curso de Jornalismo da Univel (estes últimos do municio de Cascavel);

- Por meio do Departamento de Qualificação Profissional e Geração de Renda da Secretaria de Assistência Social, adolescentes participantes e até mesmo ex-participantes são encaminhados para cursos profissionalizantes no Sistema S (SENAI e SENAC);

- Informações dos últimos cinco anos:

•    61 adolescentes foram encaminhados ao mercado de trabalho diretamente pelo programa;

•    112 adolescentes estão inseridos no mercado de trabalho;

•    10 adolescentes perderam o contato com o grupo do programa;

•    10 adolescentes estão desempregados ou desistiram de dar continuidade no programa;

•    233 jovens participaram do programa;

- A fila de espera para inscrição no programa em 2016 foi de 20 jovens.

Instituições Envolvidas:

IAP – Instituto Ambiental do Paraná

Itaipu Binacional

Ministério Público da Comarca de Toledo

ACIT – Associação Comercial de Toledo

Secretarias Municipais de: Saúde, Esporte, Meio-ambiente, Desenvolvimento Econômico, Educação

Colégios Estaduais do município

Eco Clube de Toledo

Lar dos idosos – APA

Contato:

Endereço: Rua Corbelia, 830 Jardim Santa Maria, Toledo - PR.

Telefone: (45) 3379 1588

e-mail: [email protected]

Fontes:

Prefeitura Municipal de Toledo

Indicadores Cidades Sustentáveis

Jornal do Oeste

Blogspot

Projeto Florir Toledo mistura arte e natureza através de oficina de grafitagem

Florir Toledo

Casa de notícias

33
última modificação: seg, 28/03/2016 - 17:58